Perícia Trabalhista


  • Apuração de Insalubridade e Periculosidade;
  • Apuração de Acidente do Trabalho;
  • Apuração de Doenças Profissionais ou Relacionadas ao Trabalho;
 “O juiz não está adstrito ao laudo pericial, podendo formar a sua convicção com outros elementos ou fatos provados nos autos”. (Art. 436 do CPC)
Diante da necessidade de perícia, pressupõe-se que as partes, para que lhes sejam assegurados o contraditório pleno e a ampla defesa, sejam assessorados por assistentes técnicos.
Vantagens em ter um assistente técnico:
  • 1 - Elaboração de quesitos técnicos de acordo com a demanda específica do cliente;
  • 2 - A presença de um profissional da equipe do assistente técnico no ato da perícia será decisivo para que o perito tenha mais cuidado com suas ponderações, avaliações, pois estará sujeito à fiscalização e às críticas técnicas.
  • 3 - A elaboração de um laudo pelo assistente técnico após a realização da perícia também é essencial, pois irá contribuir no convencimento do juiz, possibilitando que prevaleça o entendimento técnico do cliente.
  • 4 - Contestação de algum indício desfavorável no laudo pericial, em detrimento de ponto de vista técnico do cliente.
  • 5 - Elaboração de quesitos suplementares, de modo a garantir no laudo pericial a presença do argumento defendido, possibilitando uma conclusão pericial favorável.
  • 6 - Na hipótese de uma postura equivocada e irredutível do perito judicial, evidenciaremos incoerências e incorreções, demonstrando à Justiça a necessidade de uma nova perícia.
1. Assessoramento da tese de defesa, 2. Elaboração dos quesitos, 3. Acompanhamento da diligência pericial 4. Emissão de parecer 5. Impugnação
técnica